SOBRE

O mundo fantástico da Sardinha Portuguesa

A COMUR – Fábrica de Conservas da Murtosa concretizou recentemente um dos seus mais antigos sonhos, abrindo em Lisboa um espaço para homenagear a Sardinha Portuguesa e tudo o que o popular peixe já fez pelo país.

A fórmula encontrada para o efeito foi o “Mundo Fantástico da Sardinha Portuguesa”, um espaço que procura respeitar um dos mais extraordinários traços do prodígio do Atlântico: ser simultaneamente nobre e popular.

A loja propõe-se a revisitar o último século da história de Portugal e do Mundo, promovendo também com isso uma reflexão sobre o último centenário das conservas de peixe em Portugal. Assim, nas latas constam as datas desde 1916 até 2017 (desde 1 de Janeiro último), com um acontecimento de relevo do ano em causa e assinalando-se o nascimento das personalidades mais relevantes de tal data.
Cada década tem uma cor base e cada lata assume uma tonalidade própria. Com isto, a loja ganha uma dimensão cromática cativante, à qual se alia uma banda sonora própria (Criada especialmente para a loja pelo artista Carlos Alberto Moniz), muita luz e a caracterização a rigor de toda a equipa. O resultado final é um verdadeiro “circo” de latas porque as Sardinhas são, para a Comur, o maior espetáculo do Mundo.

Dentro de cada lata existe um só produto, uma só receita: Sardinha Portuguesa em azeite. São 140 gramas de puro sabor a Portugal, comprovando-se então que a um sabor único pode ser associado um marketing diferenciado, sem que qualquer um deles saia beliscado.

O espaço tem sido um verdadeiro sucesso, atraindo naturalmente muitos estrangeiros mas também muitos portugueses que, confessam, vão a pretexto da loja e da atratividade da lata provar pela primeira vez sardinha em conserva.

75 anos depois da sua fundação, a Comur cumpre assim a sua missão e o “Mundo Fantástico da Sardinha Portuguesa” é um espaço absolutamente a não perder na cidade de Lisboa, prometendo não deixar ninguém indiferente.

O VALOR DO TEMPO

Porto - Casa Oriental
Corria o ano de 1910 quando aqui se ergueu, bem junto à Torre dos Clérigos, aquele que viria a ser um dos maiores bastiões do comércio tradicional em Portugal e na cidade do Porto. A Casa Oriental, tão antiga quanto a República Portuguesa, é uma voz que fala alto quando toca a defender e promover os produtos nacionais e a tradição do seu país.

No princípio foi o Chá, Café e Chocolate oriundos das colónias, aos quais se juntaram os restantes produtos tradicionais de mercearia durante a 2ª Guerra Mundial. Na década de 80 iniciou-se o mítico bacalhau e os anos 90 trouxeram a venda da fruta. Uma história viva e em permanente construção.

Virado o primeiro século de história, a missão da Casa Oriental não está terminada.
O novo capítulo neste bonito e já longo livro é a devida homenagem ao prodígio do Oceano Atlântico: a Sardinha Portuguesa, pescada a poucos quilómetros do local onde nos encontramos. Reconhecendo a importância histórica do nosso espaço e compreendendo o impulso que demos no passado a outros produtos icónicos da gastronomia portuguesa, a COMUR – Fábrica das Conservas da Murtosa confiou à

Casa Oriental o exclusivo para toda a cidade do Porto da coleção “Valor do Tempo®”.
Duas marcas de elevadíssima reputação que se unem por um só objectivo: retribuir à Sardinha Portuguesa o muito que esta já fez por Portugal. Casa Oriental, desde 1910 a dar Valor ao Tempo.

www.casaorientalporto.pt   Facebook   Instagram
oriental.jpg
Casa Oriental – Porto
 
exterior_rossio.jpg
LISBOA - Rossio
 
aeroporto.jpg
LISBOA – Aeroporto
 
vilamoura.jpg
ALGARVE – Vilamoura

CONTACTO

venha saborear este mundo fantástico!... da sardinha portuguesa

GERAL@MUNDOFANTASTICODASARDINHA.PT

Praça D. Pedro IV , 39 Lisboa
Tel.: 211 349 044